É proibido falar de privilégio

Você gosta de pensar que tudo vem

Do seu talento, beleza, carisma

Trabalho duro

que você faz sentado num travesseiro de plumas

Mas falar isso é injusto e te deixa desconfortável

Desmerece a sua *luta*

fere susceptibilidades

Não queremos chatear quem teve uma estrada tão plana para trilhar

Não queremos aborrecer você que vai negar sempre

que tudo caiu do céu

Você sempre vai dizer com muito orgulho

Que batalhou sim muito por tudo

Que ralou desde cedo

E se esforçou bastante

E foi por isso que a sorte lhe sorriu

E as portas se abriram

E não porque tudo é mesmo mais fácil para você

E na sua pressa de ir em frente e vencer

Você nunca olhou para trás

E foi pegando pelo caminho

Tudo que achava que era seu

Com tanta naturalidade

Mas não podemos falar de privilégio

Pois isso chateia

Os privilegiados

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Tumblr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *