Apanhado de assuntos

No Carnaval em todos os cantos o grito geral foi Fora Temer.
Desconfio que até quem bateu panela gritou, acostumados a ir na onda das modinhas.

Que grande sacanagem é essa invenção brasileira chamada banheiro de empregada. Já repararam que não tem pia? Será que empregadas não escovam os dentes nem lavam as mãos?
….
Não quero um livro que eu não consiga largar. Quero um livro que eu tenha vontade de voltar, algo a esperar durante os horas chatas do dia. Saber que sim, tenho que fazer isso e isso e isso, mas que depois, poderei deitar na minha cama e finalmente retomar a leitura, reencontrar os personagens, torcer, rir, chorar, morrer de raiva. Eu quero um livro que não se leia numa sentada, mas um que me acompanhe por dias, para atenuar a falta de imaginação da vida cotidana.

Não é lindo pensar que em algum lugar está alguém está abrindo pela primeira vez um livro que você ama?

Atualmente meu único projeto pessoal é pagar os boletos.

Estou faltando direto ao pilates. Mas vou me emendar. Vejo fotos no instagram de pessoas que fazem exercícios e fico pensando: quero ser como elas? Pessoas suadas, sorriso trincado, chapadas de endorfina com um olharzinho meio maníaco? Acho que não.

Como aguentar o tranco em 2017? Vou fazer uma lista de ações e aceito sugestões.

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *