sempre fiel

Recebi muitos votos fofos de feliz Natal e ano novo que incluíam minhas cachorras como minhas filhas. Acho fofo, é um jeito legal de incluir minhas dogs que são sim muito importantes para mim, mas a realidade é que não sou mãe de pet. Não as trato como filhas nem me autodenomino mãe delas. (Em tempos de mil tretas por segundo quero deixar claro que não questiono nem sou contra quem se acha mãe de pet, estou simplesmente falando de mim.) Considero minhas cachorras minhas companheiras de jornada. Elas me acompanham nesse momento da minha vida, estão ao meu lado, nos comunicamos telepaticamente (sim!) e estamos juntas pro que der e vier. Cachorro não é filho, nem amigo, nem substituto de nada. É um lembrete eterno de nossa humanidade e de que fazemos parte da natureza. Um lembrete que podemos ser mais puros e simples, descomplicados e felizes, sinceros e vulneráveis, sempre leais.  Esses dias tenho sentido muita falta do Ulisses. Luto de cachorro também é diferente, é um luto conformado, todo feito de aceitação, mas a falta e a saudade é igual a de qualquer ente querido, canino, felino ou humano. Tem momentos que aperta. Adotei o Ulisses em 8 de janeiro de 1999. Fui até Niterói de barca buscá-lo. Estava me formando na faculdade, encerrando uma época bem difícil na minha vida familiar, com esperança de dias melhores. E realmente foram melhores. Ulisses de muitas formas me salvou. Me deu um rumo, disciplina, organizou minha vida. Ter um cachorro e escrever tornaram minha vida muito melhor e bem mais divertida. Um cachorro não espera nada, só a oportunidade de estar ao seu lado, do jeito que for. E quando o Ulisses já estava velhinho e eu me despedindo dele, pelo menos pude dizer obrigada por todos os dias aproveitados, todo o caminho que percorremos, pelo companheirismo desinteressado. Se você estiver do lado do seu cachorro é impossível decepcioná-lo. Só isso basta.

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Tumblr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *